Vinho dos Mortos ganha vida no mercado

Armindo de Sousa Pereira, produtor, lançou no mercado um vinho de Boticas, do distrito de Vila Real, cujo nome – Vinho dos Mortos – é exclusiva do produtor. Na classe Vinho Regional Transmontano, a bebida terá como ponto privilegiado de venda, além do próprio produtor, o supermercado Minipreço.
O Vinho dos Mortos herdou a designação da história de Boticas. Aquando da segunda invasão francesa, os habitantes receando pilhagens, enterraram vinho e restantes bens no chão das adegas. Quando as tropas de Napoleão abandonaram o local, os habitantes descobriram que o vinho sabia muito melhor, desde aí passou a ser conhecido como Vinho dos Mortos e o hábito de enterrar as garrafas ainda hoje se mantém.
Proprietário da vinha na encosta da Poça da Cruz, Armindo de Sousa Pereira investiu no extenso processo de regulamentação e certificação de produtos de consumo. Como recompensa de toda a burocracia e logística encaradas pelo produtor, a Entidade competente declarou Armindo de Sousa Pereira o único produtor/engarrafador registado oficialmente para comercializar esta marca de vinhos.
A vinha de boticas tem uma produção anual de mil garrafas, enterradas, entre Março e Abril, no chão de saibro da adega, e retiradas do calor da terra dois meses depois.

in “hipersuper”
Anúncios

Um pensamento sobre “Vinho dos Mortos ganha vida no mercado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s