comportamento consumidor estudo vinhos

Vinhos – Quanto mais caros… melhores!

Estudo revela que os vinhos mais caros dão mais prazer.

Um estudo da Universidade de Stanford e do Instituto de Tecnologia da Califórnia, descobriu que o preço dos influencia a percepção de qualidade dos consumidores.

De acordo com o estudo, o preço não é apenas uma inferência de qualidade, mas também uma variável que afecta o modo como os consumidores vivem a experiência de degustação de vinhos.

Na pesquisa, foi monitorada nos participantes a área do cérebro que experimenta o prazer, nos córtices medial e frontal.

Foi-lhes dado o mesmo vinho para beber, com 2 níveis de preço diferentes.

Quando o vinho mais caro era provado, essa parte do cérebro tornou-se mais activa nos pesquisados.

Segundo Baba Shiv, professor de marketing de Stanford e coordenador da pesquisa, a experiência prazerosa advém não apenas de dados concretos (como o sabor), mas também da expectativa formada a priori sobre a experiência (algo que um preço superior indicaria).

Avatar

Apaixonado por Comunicação e Marketing, com formação superior nas áreas de Relações Públicas e Publicidade, e especializações em Marketing de Vinhos, Marketing Digital, Social Media e Turismo. Qualificação em Vinhos WSET® (Wine & Spirit Education Trust).